Entenda as diferenças entre as abordagens de cada tipo de terapia

  • Analítica
  • Comportamental
  • Humanista
  • Positiva
  • Psicanálise
  • TCC

Psicologia Analítica

Criada por Carl G. Jung

  • O que é?

    Nesta abordagem, as questões trazidas pelo paciente não estão ligadas apenas às experiências pessoais, como também às vivências coletivas e universais – ou seja, que todas as pessoas já tiveram. Estas experiências essas experiências universais se encontram no inconsciente coletivo, que, juntamente com o inconsciente pessoal (aquele mesmo descrito por Freud), influenciam nossa personalidade e impactam a forma como nos comportamos e quais crenças carregamos.

  • Como funciona?

    Estas experiências são símbolos (imagens, padrões), os quais o terapeuta analítico – juntamente com o paciente – deve interpretar para além de sua aparência superficial, gerando maior autoconhecimento e autonomia. Tem em como objetivo auxiliar o paciente a resgatar aquilo que é a sua essência, ou seja, viver de acordo com aquilo que ele realmente é.

  • Indicações:

    Essa abordagem pode ajudar o paciente a entender e a enfrentar processos complexos quanto a depressão, a ansiedade ou, até mesmo, possíveis vícios. transformação e a atualização.

Veja os Psicólogos que atendem na linha Psicologia Analítica

Terapia Análitico-Comportamental

Criada por B. F. Skinner

  • O que é?

    O comportamento é entendido como um produto da relação da pessoa com o ambiente em que ela vive. Ou seja, a forma como nós agimos é influenciada pelo ambiente em que estamos, e este ambiente também se altera quando nós agimos nele. Assim, para mudar um comportamento que não está sendo muito bom ou saudável, precisamos olhar para o ambiente em que ele ocorreu.

  • Como funciona?

    A função do psicoterapeuta desta abordagem é de aumentar o conhecimento da pessoa sobre seus próprios comportamentos e quais são as condições do ambiente que estão os mantendo. Esse movimento permite, então, que a pessoa procure comportamentos alternativos que gerem menor sofrimento, com o auxílio e reforçamento do terapeuta.

  • Indicações:

    Como salienta Bahls. Navolar (2004), a terapia cognitivo-comportamental tem indicação de tratamento para vários problemas emocionais, como a ansiedade, depressão, distúrbios alimentares, transtorno obsessivo-compulsivo e conflitos sexuais.

Veja os Psicólogos que atendem na linha Terapia Análitico-Comportamental

Terapia Humanista- Existencial Fenomenológica

Criada por Carl Rogers

  • O que é?

    A Psicologia Humanista-Existencial surgiu como uma alternativa à psicanálise e ao behaviorismo, com o objetivo de desenvolver um estilo mais humanista e existencial de terapia em que o foco fosse a pessoa e sua singularidade, e não mais o inconsciente ou o comportamento e o ambiente.

  • Como funciona?

    Para esta abordagem, é importante que o paciente se responsabilize por seus próprios atos e emoções – em outras palavras, a própria pessoa é responsável por criar mudanças em sua vida.

  • Indicações:

    O terapeuta humanista-existencial procura destacar as vivências do paciente no presente, concentrando-se nas questões que o incomodam no momento e tratando-as conforme elas chegam à consciência. Ele ajuda o paciente a se manter presente no momento, diminuindo sentimentos de ansiedade e angústia em relação ao passado e ao futuro.

Veja os Psicólogos que atendem na linha Terapia Humanista- Existencial Fenomenológica

Psicologia Positiva

Criada por Martin Seligman

  • O que é?

    Martin Seligman, pai da Psicologia Positiva, postula que o mesmo processo de aprendizagem envolvido no desenvolvimento de pensamentos negativos também pode ser usado na construção de pensamentos positivos, e concentra-se nas experiências positivas do indivíduo.

  • Como funciona?

    O terapeuta usará técnicas que ajudará o paciente no exercícios das emoções para o aprendizado da automotivação, na definição de objetivos e metas, no desenvolvimento de emoções positivas, na descoberta das suas forças e virtudes.

  • Indicações:

    Diferente da psicologia clínica, que tem como principal foco no tratamento de distúrbios metais e psicológicos, como a depressão e a ansiedade. Essa abordagem busca o desenvolvimento pessoal do paciente através do exercício de sentimentos e atitudes positivas.

Veja os Psicólogos que atendem na linha Psicologia Positiva

Psicanálise

Criada por Sigmund Freud

  • O que é?

    A psicanálise é um tratamento de longa duração, com foco no passado. Apesar de Freud ser conhecido como o “Pai da Psicanálise”, atualmente existem diversos outros autores mais contemporâneos e que possuem suas próprias técnicas, como Winnicott, Lacan e Melanie Klein.

  • Como funciona?

    O foco do tratamento psicanalítico é o inconsciente e seus conteúdos. Para Freud, o inconsciente seria o responsável por reprimir e armazenar questões que voltava ao paciente disfarçadas de sintomas, gerando grande sofrimento.

  • Indicações:

    A Psicanálise é usada no tratamento de uma variedade de condições e problemas emocionais. Dessa forma, não importa se é aplicada com adultos ou crianças. Ademais, uma variedade de patologias respondem bem ao uso dessa abordagem, incluindo: Ansiedade; Depressão; Ataques de pânico; Fobias; Comportamentos obsessivos; Traumas; Distúrbios alimentares; Problemas de auto-estima; Dificuldades sexuais; Problemas de relacionamento; e Comportamentos autodestrutivos.

Veja os Psicólogos que atendem na linha Psicanálise

Terapia Cognitivo Comportamental (TCC)

Criada por Aaron Beck

  • O que é?

    É uma terapia específica e focada, que tem como objetivo identificar padrões de comportamento, crenças e pensamentos (processos cognitivos) que estão por trás do problema que o paciente trouxe, e então modificá-los para padrões mais positivos.

  • Como funciona?

    Nela, entende-se que é a forma como a pessoa compreende sua questão que traz sofrimento, e não o acontecimento sozinho. Portanto, o papel do terapeuta é de ajudar o paciente a alterar essa percepção por meio de técnicas cognitivas e comportamentais.

  • Indicações:

    É eficaz no tratamento de transtornos mentais como a depressão, transtornos de ansiedade, transtornos alimentares, entre outros – por conta de suas diversas técnicas e ferramentas, baseadas na combinação das teorias da Análise do Comportamento com a Psicologia Cognitiva.

Veja os Psicólogos que atendem na linha Terapia Cognitivo Comportamental (TCC)